Pages


Daniel Higgie

0

Empreendedor incansável


Daniel de Castro Higgie nascido em 1990 em Porto Alegre - RS, começou sua carreira aos 14 anos de idade, destacando-se, durante um ano,  na área de vendas, deixando a atividade por insistentes pedidos de sua mãe, que o queria focado nos estudos.

Já aos 16 anos, ingressou novamente ao mercado de trabalho através do Serviços Nacional de Aprendizagem Comercial - SENAC, no projeto "Jovem Aprendiz", realizando mais de 500 horas de curso, principalmente na área de aprendizagem em processos de vendas. Ainda neste projeto se destacou rapidamente na maior loja de departamentos do Brasil, assumindo funções como a de comunicação visual, análise de crédito e cobranças.

Daniel Higgie - Diretor da Editora Damérica


Em 2008 focou grande parte de sua energia tendo por meta dominar o idioma inglês; buscando sempre conhecimento realizou mais de 90 cursos na área de informática (manutenção de computadores, programação, desenvolvimento de games, informática básica, web designer, designer gráfico e projetista) somando mais de 600 horas de curso. Na oportunidade atuou como professor de informática em uma renomada franquia brasileira.

Ainda em 2008 cursou por dois anos a graduação em Turismo e Hotelaria pela UNIVALI. No ano seguinte teve destaque conquistando o 1° lugar na Campanha de Conscientização Turística e 2° lugar na Campanha de Impactos Ambientais das Atividades Turísticas. Amante do conhecimento e do aprendizado, ainda em 2008 cursou por 1 ano Gestão Financeira pela faculdade UNINTER.
Antes de iniciar o projeto da empresa própria, lia mais de 60 livros por ano. Hoje, em virtude do volume de projetos, ações e eventos, seu ritmo é menor, porém não abandona a literatura, principalmente sobre gestão financeira, seu conteúdo preferido.

Após um período grande de estudos, desistiu de ambos os cursos para realizar a tão sonhada abertura de sua empresa, a Editora Damérica, onde se dedicou em tempo integral na consolidação do projeto.
Com a intenção de levar à população de Camboriú informação e publicidade de qualidade, surgiu a ideia que revolucionou a mídia do município. Nasceu a Revistinha Camboriú. Com o aprendizado, conversas com empresários e muito esforço, fez com que a revista chegasse a um patamar que a cidade nunca tinha visto antes. O sucesso foi tão grande que a revista foi procurada por empresas de outros municípios, como  em Balneário Camboriú, Itajaí,  Itapema e empresas de outros estados.
Daniel Higgie buscou retribuir o carinho dos parceiros e leitores, criando o projeto da festa mais esperada do ano. Realizada anualmente com mais de 400 convidados, a festa reúne todos os parceiros, convidados especiais e autoridades da região que podem desfrutar de todas as atrações da festa. Sem dúvidas, é o maior evento particular da cidade.

Com o passar dos anos, viu que a revista já tinha ultrapassado o próprio nome e decidiu crescer, a Revistinha Camboriú virava a Revista Camboriú.

Mas isso não era o bastante, foi com 4 anos de editora que inovou e criou o Programa Lofty, passando semanalmente o programa consiste em levar aos telespectadores as melhores novidades, eventos e festas da região.

Especializando-se nessa área, criou mais um projeto, o Lofty Films,  que realiza filmagens especializadas de casamentos, 15 anos, making of e clipes.

Para se ter ideia do empenho e dedicação, veja alguns dados sobre os veículos de comunicação da Editora Damérica:

                - A Revista Camboriú possui em média 720 mil visualizações por ano de suas    publicações no Facebook (cerca de 20 mil) e Instagram (cerca de 23 mil);
                - Nas redes sociais 20 mil fãs no Facebook e 23 mil no Instagram;
                - Mais de 14 mil acessos  nos sites de seus produtos anualmente;
                - A repercussão da festa da Revista Camboriú ultrapassa 30.000 visualizações;
                - Mais de 8.000 leitores mensais das edições impressas e televisivas;
                - 36 mil assinantes on-line recebem as edições da Revista e quadros do Programa Lofty             em seus e-mails anualmente;
             - O livro Um olhar naturalista da Serra do Tabuleiro e Região, do biólogo Fernando Brüggemann, em segunda edição e com grande destaque regional e nacional, ganhou um importante prêmio da ADVB, no evento Campeões da Inovação na categoria Preservação Ambiental;
            - Outra obra publicada pela editora, sobre a pianista Lilian Lachensky, Uma história de amor pela música e pela vida, também ganhou destaque estadual e nacional.   


Comenda de Honra

       Comenda de Honra Revista Camboriú


Se já não era o bastante, Daniel Higgie foi além, neste ano lançará o prêmio "Comenda de Honra Revista Camboriú", comenda que representa o sucesso das empresas e personalidades premiadas e a fidelidade delas com os produtos da Editora. Em breve acontecerá o lançamento oficial do projeto que promete ser o novo "tapete vermelho" da região.
Hoje levando a Editora Damérica a ser destaque no estado de Santa Catarina, Daniel Higgie continua sua busca incansável por projetos e aprendizados novos.

Biografia produzida por Karina Elisa - Colunista Social

 Daniel Higgie
Daniel de Castro Higgie
Higgie

Troquinha de natal - Blog Cantinho da Dry

0

Esse mês vou me aventurar em uma troquinha de natal no blog Cantinho da Dry, já tentei algumas outras vezes mais nunca deu certo :)

Quem tiver interesse em participar corre que ainda da tempo, só clicar AQUI ...




Faculdade

0



.
Bom já estou no 3º período na faculdade de Design Gráfico, nos primeiros períodos eram mais trabalhos feitos a mão (desenhos) agora no 3º mais computação (minha praia).

Parece que comecei ontem a faculdade e uma ano e meio já se passou muitos trabalhos feitos :)

Aprendi muita coisa inclusive a desenhar hehe :)

Ai vão alguns trabalhos de que tenho orgulho em dizer que foi eu que fiz, os que foram  feitos a mão
estão meios feinhos, mais os que foram feitos no computador estão supimpa  ;)

Ai vão alguns trabalhos ainda viram muito pela frente.



Ambientação display e embalagem - Muito trabalho mais valeu a pena.
Projeto: Display e embalagem - 1º Período - Trabalho Final


EcoBag - Bom não saiu como o desejado, mais gostei bastante :)
Projeto: Se basear em uma obra de arte e estampa sua ideia em uma ecobag. Como artistas me
basei em dois: David Carson ( na tipografia que não ficou como eu queria) e Claudio Tozzi (inspirada na exposição Canteiro de Obras na qual ele usa tecnicas muito legais). Trabalho feito no 2º Período - trabalho final.





Estampa Camiseta feita através de algumas referencias sobre a Grécia.
Depois tivemos que estampa em uma camisa, adorei e usei bastante :)
Projeto: Design de Superfície - 1º Período - Trabalho Final




Rótulo e Garrafa esse deu trabalho passei até mal de tanto cheira durante uma semana a cola Ciano.
Tive que color tirinha por tirinha com pinça ainda :(
Projeto: Criação de Garrafa e Rótulo  - 1º Período - Expressão Tridimensional


Trabalho feito com: E.V.A e tinta TGA e Canson A3
fiz o trabalho errado e ainda ganhei nota boa hehe :)
Projeto:  Tulipas - 1º Período - Plástica e Métodos Visuais.





Trabalhos feitos na aula de representação técnica peguei os que ficaram mais ou menos
2º Período



Trabalho pontilhismos e grafite - 2º Periodo


Esse peguei tutorial na internet mesmo, e ainda tive que ouvir do professor que não fui eu que fiz
mais é muita sacanagem.
Projeto: Poster filme Alice no Pais das Maravilhas - Processo Criativo - 2º Período



Trabalho era pra escolher algum lugar da faculdade (bom a Araceli desenhou e eu redesenhei no computador. Não me lembro o Artista que tínhamos que nos basear mais as obras do cara são foda.
Projeto: 2º Período - História da Arte e do Design


Bom tenho muitoooos trabalhos não da pra colocar tudo, mais isso é um pouco do que aprendi nesses dois períodos de faculdade, aprendi muito, tive professores excelentes.

E que venha o 3º Período :)













Reciclado ideias

0

Porta esmaltes
Eu reciclo e você? Bom todos já sabem o porquê reciclar, mais o que não sabem é como usar, o material reciclado então vou dar uma dicas de como reutilizar o que reciclamos.
Então vamos começar separado o seu lixo orgânico e lixo seco (o que pode ser reciclado), podemos utilizar desde lacre de refrigerante até o pote de sorvete e as caixas de leite.
Tudo isso você mesma pode utilizar pra fazer ótimas ideias renováveis e criativas, vou dar algumas dicas de como você pode fazer mais reciclando.
Então vamos lá hoje iremos utilizar um pode de sorvete velho e iremos transformá-lo em uma caixinha porta esmaltes ou porta trecos.




Utilizaremos os seguintes materiais:

• Um pote de sorvete limpo e com tampa;
• Um puxador de porta ou de gaveta;
• Tecido, cola, miçangas para decorar e uma chave de fenda.

Passo a passo:

Com a tampa do pote de sorvete em mãos meça onde ficara o puxador (os furos) e coloque, já no pote você pode decorar ao seu gosto, para coloca o tecido utilizei cola de uso comum, só no enfeites utilizei cola quente, pois são mais pesados.
Uma boa dica para quem não quer gastar comprando puxador de gaveta é utilizar um pote velho de sorvete para fazer um puxador, não ficará tão firme quanto o puxador de gaveta, mais é uma sugestão econômica.
Espero que gostem de reciclar ideias na próxima ensinarei como fazer uma bolsa e Nécessaire com caixa de leite.

Dia do designer

0


Em 19 de outubro de 1998, o então Presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, assinou um decreto instituindo o dia 5 de novembro como o Dia Nacional do Design. Data foi instituída em homenagem a um defensor do design no Brasil, o advogado, artista plástico, designer e planejador brasileiro Aloísio Magalhães. Dentre os marcantes trabalhos do brasileiro, estão a identidade visual da Petrobrás (alterada há alguns anos), o desenho das notas do cruzeiro novo e o símbolo do IV Centenário do Rio de Janeiro - defendendo conceitos como a “brasilidade” do design e a recuperação da memória artística e cultural brasileira sendo, sem sombra de dúvida, uma das figuras mais importantes da história do design brasileiro.

Orgulhe-se você designer por esta data. Não temos nossa profissão reconhecida, muita gente ainda não faz ideia do que faz um designer, no entanto amamos o que fazemos e a leva de profissionais e de adeptos ao design cresce a cada ano. Queremos ser mais valorizados, num país onde se você é um bom jogador de futebol automaticamente será um formador de opinião.

Fonte: http://wp.clicrbs.com.br/semcensura

Homenagem do Google ao Alexander Calder

0

fonte: Google
O Google Doodle de hoje é um móbile geométrico hipnotizante que gira devagar acima da caixa de busca – e você pode clicar nele para movê-lo. O Doodle comemora o 113° aniversário de Alexander Calder, um artista e escultor americano famoso por inventar o móbile – uma escultura com elementos suspensos por fios, que oscilam ao vento.
Calder foi um artista que estudou em Nova York e Paris. O talento artístico dele prosperou no início dos anos 30, e ele se interessou em escultura com fios e arte cinética (com movimento). Estes dois interesses se fundiram para criar o que se chama “móbile”, termo vindo do francês que se refere a “movimento”.
Originalmente estas estruturas cinéticas eram movidas por manivelas e polias, mas Calder desenvolver um gosto por delicadeza, e usou o fluxo natural de ar para girar o que ele criava. A maior escultura móvel de Calder, um móbile de 23m de comprimento, está pendurado no teto da Galeria Nacional de Arte em Washington D.C. (EUA).
Calder continuou a criar esculturas grndes e pequenas, móveis e fixas, até falecer em 1976, aos 78 anos. 
Hoje em dia o Mobile é bastante conhecido pelas artesãs, feito de tecidos, feltro e até com objetos reciclados.
Muito boa a homenagem do Google, e viva as aulas da minha profº de história da arte e do design Olinda onde aprendo e continuarei aprendendo :)
Fonte: Google



Os benefícios do ciclismo.

0

Fonte: Divulgação
Quando criança, muitos de nós andávamos de bicicleta como um hobby, dando voltas perto de nossas casas, nos divertindo bastante. Parece brincadeira, mas pedalar é um dos exercícios mais completos, e que nunca deveria ser deixado de lado.
Andar de bicicleta (como forma de exercício ou como locomoção) oferece inúmeros benefícios para a saúde, prevenindo doenças do coração, pressão alta, obesidade, flacidez e a forma mais comum de diabete. Além desses  benefícios, pedalar contribui com o meio ambiente, já que você não está poluindo o ar e nem contribuindo para a poluição sonora. Para quem procura modelar o corpo, pedalar é ideal para enrijecer a musculatura do bumbum, da coxa, da panturrilha e do abdômen, regiões que acumulam aquela ‘’gordurinha indesejada’.
Estudos dizem que pedalar durante uma hora são consumidas trezentas calorias, mais que dois copos de cerveja; cento e vinte e seis calorias cada ou quase duas barras de chocolate cento e setenta calorias cada. Por exemplo, em um ano, pedalando quinze minutos por dia, cinco vezes por semana, equivaleria queimar aproximadamente cinco quilos de gordura.
Além de todo benefício físico e ambiental, o ciclismo pode ser prazeroso para a mente. Pesquisas comprovam que pedalar reduz níveis de depressão e stress, aumentam o bom humor e a auto-estima. Se você ainda não se sentiu encorajada (o) para pedalar, fique sabendo que andar de bicicleta em grupo, aumenta o nível de socialização entre grupos de pessoas.
O fortalecimento muscular e a manutenção da força nos membros inferiores auxiliam também no futuro (terceira idade), evitando quedas indesejadas. Ao pedalar, você também aumenta sua coordenação motora, permitindo um controle maior sobre ações simultâneas.
Quero pedalar! Como faço?
O primeiro passo é ir a um médico para que ele possa avaliar sua situação fícica. Depois de passar no teste é a vez dos cuidados com os equipamentos. É muito importante sempre usar capacetes, luvas, tênis e roupas leves. Utilize também, se for andar a noite, acessórios que reflitam a luz dos carros. E lembre-se, você conhece os limites de seu corpo, respeite-os.